Tudo tem história

Significado: Entregar um bem espontaneamente sem nada em troca. Origem: A expressão nasceu do rito de doações feitas ao rei ou ao papa em que ester recebiam terras, prédios ou outros presentes valiosos. Em 1555, o papa Paulo IV dividiu as oferendas a Deus ("gratis pro Deo") em dois tipos: "ao pé do altar", depositadas na própria igreja, ou "de mão beijada", entregue diretamente ao bispo ou ao papa.

Compartilhe:

Significado: Pessoa que leva a culpa de atos que não cometeu; indivíduo acusado de um delito que não fez ou não foi o idealizador; expressão semelhante a cabeça-de-turco. Origem: A expressão teve sua origem na tradição hebraica do Dia da Expiação (Yom Kippur) em que um bode, símbolo dos pecados do povo hebreu, era abandonado no deserto expiando assim os pecados do povo de Israel.

Compartilhe:

Significado: Amiga hipócrita que não se pode confiar, pessoa falsa e infiel. Origem: Um caçador mentiroso contou que foi encurralado na mata por uma enorme onça sem uma arma para se defender nem uma árvore para subir. Conseguiu escapar dando um grito tão forte que a onçã fugiu em pânico. Uma pessoa duvidou do relato dizendo que, naquela situação, o caçador teria sido devorado. Este, indignado, perguntou: "Afinal, você é meu amigo ou amigo da onça?". A expressão se popularizou com a criação do personagem Amigo da Onça, em 1952, pelo cartunista Péricles (1924-1961) para a revista "O Cruzeiro".

Compartilhe:

Significado: Babá que cuida de bebê sem lhe dar de mamar. Origem: O termosurgiu na época da escravidão e correspondia à escrava que não amamentava. A escrava que dava de mamar era chamada de ama-de-leite. Depois de desmamada, a criança era entregue aos cuidados da ama-seca até os 7-8 anos.

Compartilhe:

Significado: Agora é tarde demais para tomar alguma atitude a respeito. Origem: Personagem histórica e literária, celebrada em "Os Lusíadas", de Luís de Camões, a dama castelhana Inês de Castro (1320-1355) foi amante do príncipe D. Pedro (1320-1367), herdeiro do trono, com quem teve três filhos. O rei reprovou o romance e condenou Inês à morte por decapitação. Quando D. Pedro assumiu o trono, mandou desenterrar Inês e deu-lhe o título de rainha obrigando a corte a beijar-lhe a mão - um gesto dramático mas inútil e tardio.

Compartilhe:

Significado: Algo muito valioso, mas que atrapalha, é inútil e não se pode livrar dele. Origem: No antigo reino de Sião, no sudeste asiático, o elefante albino era considerado sagrado. Receber um elefante branco de presente do rei era uma benção mas também uma maldição pois ele não podia trabalhar, nem ser vendido, restando ao seu proprietário arcar com o custo de sua manutenção. A expressão hoje é utilizada, na política, para se referir a obras públicas sem utilidade.

Compartilhe:

Significado: Duas pessoas de temperamentos fortes que não se entendem. Origem: "Bicuda" era um tipo de faca fina e pontuda, comum no Nordeste Colonial, também apelidada de "lambedeira" ou "pernambucana". Quem usava uma bicuda era chamado de bicudo, termo associado ao indivídui mal-humorado, irritado. O encontro de dois bicudos quase sempre acabava em luta mortal. Bicudo era, também, o nome dado ao escravo importado ilegalmente da África.

Compartilhe:

Significado: Lugar ou situação onde vale tudo; lugar onde predomina a confusão, a balburdia e a desorganização. Origem: Conta-se que Joana I (1326-1382), rainha de Nápoles, por levar uma vida desregrada e permissiva foi exilada pela igreja indo residir, em 1346, em Avinhão, na França. Ali ela regulamentou os bordéis onde instituiu regras como essa "O lugar terá uma porta por onde todos possam entrar". Daí a expressão ser associada a prostíbulo, lugar onde todos entram e saem sem pedir licença.

Compartilhe:

Significado: Em grande quantidade, abundante, com fartura. Origem: O jurista sergipano Gumercindo Bessa (1859 - 1913) foi advogado dos acreanos que não queriam que o Acre fosse incorporado ao estado de Amazonas. Ele apresentou argumentos tão esmagadores e tão numerosos em favor dos acreanos, que logo surgiu a expressão "falar à Bessa". Com o tempo, o sobrenome famoso perdeu a inicial maiúscula e os dois "s" foram substituídos por "ç".

Compartilhe:

Significo: Comprimisso de casamento. Origem: Os hindus foram os primeiros a usar alianças de casamento. A tradição foi levada ao Ocidente pelos gregos e romanos. A aliança servia de aviso de que a mulher já não estava mais disponível. Era usada no dedo anelar da mão esquerda porque acreditava-se que ali passava uma veia que seguia diretamente para o coração. Após o século IX, a igreja cristã adotou o costume como símbolo de fidelidade.

Compartilhe:

Significado: Pessoa que defende uma causa ou ideia contrária aou interesse geral. Origem: Antigamente, durante o processo de canonização, a igreja nomeava um advogado do diabo (advocatus diaboli) para apontar os defeitos e fraquezas daquele a quem se pretendia santificar e que, por sua vez, era defendido pelo advogado de Deus (advocatus Dei). O ofício do advogado do diabo foi abolido pelo papa João Paulo II em 1983.

Compartilhe:

Significado: Apostar na inocência de alguém. Origem: Na Idade Média, a pessoa que alegava inocência era submetida à prova do ferro quente (ferrum candens): ela devia pegar numa barra de ferro aquecida (ou andar sobre ferro incandescente). A mão era, depois, envolvida em um saco de couro selado com cera pelo juiz; três dias depois abria-se a atadura. Se a ferida estivesse bem curada e cicatrizada, era prova de inocência. Caso contrário, a pessoa era culpada e condenada à forca.

Compartilhe:

Confessar ou admitir um erro; o mesmo que dar o braço a torcer.

Compartilhe:




Translate »